Fique por dentro das notícias de Avanhandava, acompanhe as políticas públicas municipais, as ações e programas da administração.

  • 01/10/2018 - Bando de Dados

    Banco de dados do Municipio de Avanhandava

  • 26/09/2018 - Educação Ambiental com Foco em Queimada Urbana

    As queimadas urbanas ocorrem quando há queima de lixo domésticos, folhas e terrenos baldios, a queimada tem por consequência a impacto no ar, solo, flora, saúde humana, por esses motivos a Prefeitura Municipal, através do setor do Meio Ambiente realizou palestras com alunos de escola municipais de ensino fundamenta e com a população geral, já com população também houve um treinamento de como pagar uma queimada caso ocorra.

    Quanto os alunos, quanto a comunidade teve orientações de maneira adequada sobre ocorrem, as consequências, como evitar e a fiscalização das queimada urbana e da rural, dessa forma também podendo transmitir para outras pessoas o que foi mencionado na palestra. Ação de educação ambiental sobre Queimada Urbana será replicada durante o ano para outras turmas ou outros públicos de interesse. 

  • 08/09/2018 - Importância e Necessidade da Salvaguarda da Biodiversidade

    A secretaria de Meio Ambiente, com apoio da Secretaria de Educação e Cultura, desenvolveu uma ação de educação ambiental na quinta-feira, dia 13 de setembro com a EMEF Profº Victor Sansoni, na área de Preservação Permanente córrego Alambari, cujo tema foi “A Importância e Necessidade da Salvaguarda da Biodiversidade”.

    O tema, foi explanado pelo Biólogo Flavio Maschio, propõe sensibilizar os participantes sobre as ações que são realizadas para a proteção e conservação da fauna silvestre, da flora e da biodiversidade, principalmente ações desenvolvidas no município de Avnahandava. Também foi mencionado os tipos de biomas que possui no Brasil, assim abordado o Bioma que o município de Avanhandava pertence. Além disso, foi observado algumas aves na qual ali se encontrava e algumas de suas funções para a biodiversidade. Vale ressaltar, que também foram abordados os principais fatores que ameaçam a biodiversidade, como o desmatamento, queimadas, tráfico de animais, urbanização, produção da agricultura e pecuária, que colocam em risco de extinção de muitas espécies. Ainda os alunos realizaram o plantio de mudas de arvores nativas de nossa região, assim conhecendo algumas das tais espécies.

    Participaram desta primeira ação os alunos do 4º e 5º ano da EMEF Profº Victor Sansoni, com a Professora Marcia Thomasine e Luciana Jorge, ação será replicada durante o ano para outras turmas ou outros públicos de interesse. 

  • 28/09/2018 - Passeio Ciclístico do Trabalhador

    O passeio Ciclístico vem sendo uma tradição para o Município de Avanhandava, onde foi iniciado no ano de 2015, desde então todos os anos no dia 1º de maio toda a população é convidada para o evento, atingindo um grande número de participantes. São percorrido 20 Km de estrada de terra, assim os participantes são guiados por alguns Ciclistas e educadores. Durante o percurso existem pontos de apoio para a hidratação, que também é usado para explicar aos participantes sobre a fauna e flora que existe em nosso Município.

    Neste ano de 2018, teve em média de 100 a 130 participantes, onde percorreram 20 Km de estrada de terra, tendo quatro ponto de hidratação, sendo que nesses quatros pontos foram trabalhados também sobre a fauna e flora do município. Vale ressaltar que nesse ano, também tivemos participantes de Município vizinhos.

  • 16/09/2018 - Coleta de Lixo Eletrônico

    O Convênio Intermunicipal de Meio Ambiente (CIMA) formado pelos municípios de Avanhandava, Getulina, Guaiçara, Lins, Promissão e Sabino realizou parceria com a empresa PH Reciclagem, sediada na cidade de Fernandópolis, para destinação adequada de lixo eletrônico, sendo a parceria vinda desde 2015.

    O municpio de Avanhandava estara fazendo a Coleta todos o dias semanais na Casa da Agricultura de Avanhandava.

  • 28/09/2018 - Participação popular no Conselho

    O CMMA foi instituído pela Lei Municipal nº 1.843 de 19 de Junho de 2009, onde através do Decreto nº 3.350 de 06 de abril de 2017, teve a nomeação dos membros para compor o Conselho Municipal de Meio Ambiente, assim tendo a vigência de 02 (dois) anos.

    O Conselho Municipal de Meio Ambiente (CMMA) é um órgão local e de assessoramento da Prefeitura Municipal de Avanhandava em questões referentes ao equilíbrio ecológico e ao combate à poluição ambiental, com intuito primordial de melhorar a qualidade de vida por meio da parceria da sociedade civil com o Poder Público.

    Aproximar o CMMA da sociedade civil não organizada é um dos desafios atuais. A população necessita conhecer o CMMA, saber qual sua função, provocar discussões sobre temas relevantes e ser mais participativa.

    O Conselho é, por excelência, um fórum de diálogos e de construção de conhecimento sobre o meio ambiente local. É também um espaço mais adequado para administrar conflitos, propor acordos e construir uma gestão ambiental que esteja em consonância com os interesses econômicos e sociais locais.

    Como forma de aproximar o CMMA da população, divulga-lo e incentivar a participação popular no Conselho, foi proposto realizar reuniões em diferentes locais do Município de Avanhandava.

    A proposta dessas reuniões foi por meio da secretária do conselho, onde todos os outros membros concordaram. A Primeira reunião em local diferente do normal ocorreu no dia 05 de setembro de 2018 ás 09horas no Departamento Autônomo de Água e Esgoto de Avanhandava. As próximas reuniões estão previstas para:

     

    • 19 de outubro de 2018: CRAS – Rua Gerânios , 80
    • 19 de novembro de 2018: Vigilância Sanitária – Rua Tibiriça, 500

     

    A cidade de Avanhandava possui apenas aproximadamente 11.311 habitantes. Por isso, destacamos que as próximas reuniões acontecerão em diferentes bairros, entretanto, dessa forma esperamos contar com sua população frequentadora, por exemplo: neste mês de setembro teve 3 parcipantes do bairro.

  • 01/10/2018 - Projeto de Compostagem é instalado na Casa da Agricultura

    Compostagem é o processo biológico de valorização da matéria orgânica, seja ela de origem urbana, doméstica, industrial, agrícola ou florestal, e pode ser considerada como um tipo de reciclagem do lixo orgânico. Trata-se de um processo natural em que os micro-organismos, como fungos e bactérias, são responsáveis pela degradação de matéria orgânica, transformando-a em húmus, um material muito rico em nutrientes e fértil. 

    Foi realizada pela secretaria municipal de meio ambiente a compra de um recipiente e coletado aproximadamente 55 kg de resíduos da cozinha piloto e 20 kg de pó de serragem e restos de folhas de árvores. Tudo foi preparado em camadas para gerar o composto de boa qualidade, depois enviamos para horta municipal. 

    O projeto piloto de compostagem esta na casa da agricultura do municpio.

  • 01/10/2018 - Edificação Sustentável

    O municipio de Abvanhnadava implantou uma instalação da Edificação Modelo de Sustentabilidade está situado na Rua Gerânios n. 26, seu horário de funcionamento é de segunda à sexta, das 8:00h às 17:00, sendo responsável pela gestão do espaço o senhor Pedro Sanches, Secretário Municipal de Assistência Social e responsável pelas visitas monitoradas o biólogo Flávio Maschio.

                    Esta aberto a visitas monitoradas com pedreiros e pessoas da sociedade civil, mostrar e incentivas as práticas de sustentabilidade constante na edificação modelo, sendo possível sempre que solicitado.

     

    1 – Horta Orgânica (sem utilização de agrotóxicos e fertilizantes, produzindo alimentos sustentáveis)

    2 – Reutilização de Água na Horta – água do ar condicionado é usado para regar o jardim e horta, para diminuir o consumo de água tratada)

    3 – Iluminação Natural para economizar energia

    4 – Lâmpadas de LED (economiza energia elétrica)

    5 – Bebedouros para diminuição de uso de copos descartáveis

    6 – Calçada Drenante (aumento da infiltração no solo e diminui enchentes )

    7 - Bicicletário (incentivo para as pessoas irem trabalhar, visitantes ou beneficiários a irem de bicicleta, diminuindo o uso de automóveis e diminuindo a emissão de poluentes.)  

    8 – Rampa para Acessibilidade – (mobilidade urbana facilita a inclusão de pessoas com deficiência)

    9 – Barra de Apoio – (mobilidade urbana facilita a inclusão de pessoas com deficiência)

    10 – Piso Anti Derrapante

    11 – Redutor de Vazão – reduz o consumo de água, pois diminui a pressão)

     

     

  • 30/09/2018 - CAPACIDADES E INFLUENCIAS DO SOLO NA PRODUÇÃO DE TOMATE ORGÂNICO

    A presença de pragas e doenças que ameaçam o desenvolvimento do tomate faz com que os pés da fruta sejam alvo de grande volume de defensivos agrícolas nos cultivos convencionais. Porém, o sistema orgânico permite realizar preparo do solo, plantio, condução da planta, controle de pragas e doenças, frutificação, colheita e beneficiamento sem maiores problemas, desde que o produtor esteja bem orientado.

    A produção de tomate em sistemas convencionais normalmente é feita com aplicação sistemática de agrotóxicos (inseticidas, acaricidas, fungicidas, bactericidas) para controle de um grande número de pragas e doenças que atacam a cultura. O SENAR em Parceria com Sindicato Rural e Chácara São Francisco e apoio da prefeitura municipal através da secretaria de meio ambiente realizou o Programa Tomate orgânico de Março a Agosto de 2018, trazendo aos participantes como os aspectos influenciam o solo para uma boa fertilidade e produção. é o enriquecimento do solo com matéria orgânica, seja por meio de aplicação de compostos orgânicos ou adubos verdes. Práticas que levam à diversificação do sistema, como rotação com outras culturas, uso de cercas vivas, manutenção de cobertura morta no solo e cultivo de outras espécies também são práticas importantes para o manejo orgânico do tomateiro

  • 30/09/2018 - EDUCAÇÃO AMBIENTAL SOBRE USO DO SOLO

    A Prefeitura Municipal de Avanhandava, através do setor de meio ambiente e departamento autônomo de água e esgoto, realizou palestra sobre potencialidades e fragilidades do uso do solo, para explicar os problemas que podem ser causados com uso inadequado do solo, como por exemplo deslizamentos de terras, com os 280 alunos do 4 º e 5 º ano da escola municipal E.M.E.F. Profª  Mirthes Pupo de Negreiros, E.M.E.F. Prof Victor Sansoni e Escola Estadual Maria Eunice Martins Ferreira e diversas instituições da cidade.

    Oportunidade as pessoas terem contato com questões da formação do solo e seus risco como fragilidades e também potencialidade, cuidado com o meio ambiente partindo de sua realidade local. Muitos daqueles alunos e representantes de instituições, não sabiam que o uso incorreto do solo e expansão desordenada poderiam causar graves riscos a vida da população, como por exemplo o deslizamento de terras.